Especialização Avançada E-Formador

170.00

Um/a formador/a ganha em média 20h-26€/h, nas ações especializadas ganha 30€/h. Quantas horas precisa para ter o retorno deste investimento?

Descrição

CONSULTE O NOSSO REGULAMENTO INTERNO DE FORMAÇÃO

E-formador? O que é isso?

A formação alterou-se, hoje em dia o online faz parte das nossas vidas e a formação não é exceção.

Depois da Covid-19, grande parte da formação deixou de ser 100% presencial e a facilidade e benefícios do online são inegáveis, mas exige muito mais da formação.

Não queremos mais conteúdos enfadonhos, chatos que dão vontade de desligar. Na Índice Máximo também estamos a fazer essa transição.

Para nós, um e-formador é um Criador de conteúdos de Formação online.

É obrigatório?

Sim e não.

Na verdade, o CCP é o documento obrigatório para ser formador, no entanto, para dar formação online, especialmente em programas que carecem de homologação tornou-se obrigatória a aprovação no curso E-formador ou CCP-E.

E-FORMADOR OU CCPE?

O CCPE só é feito no IEFP, as entidades privadas não tem essa nomenclatura.

E-FORMADOR na Indice Máximo tem o MESMO programa do IEFP, com a mesma carga horária e devidamente certificado pela DGERT e SIGO, igualmente válido.

PROGRAMA

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

MF0. Introdução ao e-learning e ao ambiente online (10H)

  • Uso da Plataforma como formando e como formador.
  • Plataformas com formador ou orientadas para autoformação.
  • Conceitos de ensino a distância e aprendizagem suportada em tecnologias digitais.
  • Modalidades e formas de organização do ensino a distância.
  • Papel do e-formador e do e-formando
  • Gestão do tempo e autonomia na aprendizagem.
  • Práticas de formação profissional e empresariais.

MF1. Design de cursos de formação online (10H)

  • Planeamento de curso (duração, tema, resultados de aprendizagem).
  • Modelo pedagógico (autoformação, moderada por e-formador, b-learning).
  • Plano de conteúdos.
  • Tipos de comunicação: síncrona e assíncrona, no conteúdo ou orientado pelo e-formador.
  • Avaliação (no conteúdo, fora do conteúdo).
  • Simulação: ferramentas da plataforma para criação de cursos (modo de edição – títulos e descrições)

MF2. Avaliação da aprendizagem online (10H)

  •  Tipos de Avaliação a distância (diagnóstica, formativa e sumativa).
  • Técnicas de Avaliação: observação e inquirição, medição.
  • Estratégia de avaliação: avaliação por pares, autoavaliação, hétero avaliação.
  • Ferramentas de avaliação: questionários, testes (escolha múltipla, verdadeiro-falso, questões abertas curtas e de desenvolvimento, e outros), trabalhos escritos, outros.
  • Utilização das Learning Analytics para avaliação da qualidade da formação.

MF3. Dinamização da aprendizagem online (10H)

  •  Estratégias e situações de aprendizagem online.
  • Design de atividades: da mais simples à mais complexa, tempo para realização, tipo de atividade (individual, grupo), instruções e local para entrega, critérios de avaliação.
  • Tipos de atividades/ferramentas: escrita de trabalho, templates, construção de trabalho colaborativo em ferramentas wiki, diários, glossários, etc.
  • Avaliação de atividades de comunicação/interação: implicações dos modelos de interação escolhidos.
  • Ferramentas de comunicação síncrona e assíncrona do formador com os formandos (chat e fórum, integração com ferramentas externas: whatsapp, facebook)

MF4. Criação e utilização de conteúdos educativos (10H)

  • E-Conteúdo – Temas e subtemas, visual (ler, ver, ouvir), reutilização de conteúdos.
  • Tempo do e-conteúdo, ritmo, sumário, unidades/lições (início, meio e fim – fechamento do e-conteúdo).
  • Ferramentas da plataforma para criação de conteúdos educativos.
  • Ferramentas externas para criação de conteúdos educativos (Ferramentas de autor).
  • Vantagens e inconvenientes do recurso a base de dados de conteúdos educativos.
  • Estratégia de comunicação e de interação do conteúdo com o formando.
  • Implementação e avaliação da qualidade dos conteúdos educativo

MF5. Simulação Pedagógica Final (10H)

  •  Dimensões e indicadores da qualidade num projeto formativo em e-learning.
  • Dinamizar o curso/unidade de aprendizagem em simulação pedagógica com formandos/colegas.
  • Análise e autoanálise do desempenho de e-formador em contexto simulado.
  •  Autoavaliação de resultados do curso de simulação testado.

Requisitos

Conhecimento informáticos adequados; Email; Computador e acesso internet; CCP de formador

Modalidade

  • Formação assincrona com auto-estudo e video-aulas.

Data 

15 de abril

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Apenas clientes com sessão iniciada que compraram este produto podem deixar opinião.